Header Ads

5 DICAS - O QUE PENSAR ANTES DE DESENVOLVER SEU LOGO?



Como já falei em conteúdos anteriores, logotipo pode parecer uma arte simples, mas ela deve considerar muitas questões para aplicação, mais especialmente representar muito bem o negócio ou serviço oferecido.

É comum um cliente me buscar desejado uma arte para sua marca, mas sem ter muita ideia do que realmente quer. Como gosto de fazer a marca junto com a pessoa, em uma boa conversa tento descobrir características e elementos da preferência do cliente, assim tenha uma base para construir o logo. 

Mas mesmo assim as vezes é bastante difícil extrair tais informações.

Por isso decidi fazer esse texto para servir de guia para você que quer criar ou até renovar sua marca, mas ainda não sabe muito bem o que espera. Quando a ideia está bem formada em sua mente, fica muito mais fácil para o design absorver e desenvolver, sem precisar criar algo genérico e tentar vender a ideia a qualquer custo como se fosse o ideal.

Por isso vamos as dicas!

1. Pesquise


A maior fonte de inspiração para qualquer um!
Se você já tem um nome para sua marca, ou o segmento, vai no Google e pesquisa sobre. Veja logos relacionados ao segmento do seu negócio, busque ate pelo nome que você planeja dar e veja o que já existe relacionado, assim você terá uma base do que mais te agrada e desenvolverá uma ideia que te represente de forma mais única.
Dessas referencias, preste atenção aos tópicos seguintes para refinar ainda mais.

2. Símbolos


Uma variedade de coisas pode ser explorada na criação de um logotipo, seja a representação simbólica de elementos gráficos ou um jogo de letras (utilizando as iniciais do nome da marca por exemplo), ou até mesmo uma combinação das duas. As possibilidades são infinitas. Você pode pensar em simbologias que representem você, ou seu negócio, e combina-las de alguma forma, mesmo que sutilmente.

3. Nome


O nome da sua marca deve aparecer no seu logo, quando o nome já não é utilizado como logo. É importante definir as características que ele vai possuir, principalmente visando a sua legibilidade. Que estilo de fonte será utilizado, uma linha mais grossa, mais fina, manuscrita ou digital. O nome pode ser personalizado e até combinado com a simbologia, ou acompanhando o símbolo em complemento. Perceba como existem diversas escolhas que podem fazer a diferença e começam a definir a forma, que virá a influenciar muitos elementos da identidade da marca.

4. Assinatura


Seu logo em uma versão mais completa pode conter uma assinatura, que pode identificar o segmento do seu negócio, ou trazer uma frase de efeito ou lema que caracteriza a forma do seu trabalho. É um elemento importante para a apresentação para novas pessoas que não conhecem seu trabalho e sua marca, já que com esse complemento se tem a visão completa do que se trata ou do que você busca oferecer.
Você possui um jargão, lema ou frase de efeito pela qual é conhecido? Ou deseja demonstrar seu diferencial? Pense com carinho nesse campo.

5. Cores


Uma das características que considero mais importantes, e que se deve ter muito cuidado principalmente por ser algo tão relativo e dependente da aplicação. Quanto mais informações de cores conter um logo, mais complexo e de difícil aplicação ele se torna, por isso é sempre bom prezar pela simplicidade.

Em determinadas aplicações, seu logo poderá ser aplicado apenas todo branco, ou todo preto, por isso suas formas devem ser claras e independente de cores para situações como essa.

Quando escolher as cores, tenha atenção em usar algo que represente o segmento ou a ideia que você busca passar com sua marca. Cores falam muito, mesmo que de forma subjetiva, então vale a pena dar atenção a sua simbologia.


Conclusão

Como você pôde ver acima, o logo contém características e sua aplicação pode variar muito dependendo de onde ele for usado. Quando o seu estiver em desenvolvimento, não limite sua visão a aplicação de visualização, imagine ele sendo aplicado em diversos materiais, em diferentes tamanhos, fundos que possuem diversas cores que podem variar a forma como a logo venha ser aplicada.
Sempre que finalizo uma arte, descrevo em um guia da marca todas as suas características utilizadas no desenvolvimento, além de especificar algumas possibilidades de aplicação para que o dono ou pessoas que venham trabalhar com a marca tenham uma base para tomar a melhor decisão de aplicação.

Meu objetivo como designer não é apenas executar, fazer o que o cliente deseja e entregar a arte final, mas busco também passar uma boa base de informações para que ele consiga desenvolver e fazer sua marca crescer com qualidade.

Então se gostou do texto e está pensando em criar ou renovar sua marca, e também gostou das informações disponibilizadas, já podemos trocar algumas ideias para desenvolver seu trabalho.

Abraço e até a próxima publicação.

Qualquer dúvida basta entrar em contato, ou desejando receber novidades, basta preencher o formulário abaixo:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.